Marcas da China já estão interessadas nas fábricas da Ford no Brasil

https://www.webmotors.com.br/ -12/01/2021 15:21

As fábricas da Ford no Brasil nem bem esfriaram e já tem montadora chinesa de olho nelas. Pelo menos quatro grandes marcas do país asiático se movimentam para produzir carros em Camaçari (BA) e Horizonte (CE), um dia depois de o fabricante norte-americano anunciar o fechamento das linhas de montagem. Nesta ofensiva, o Grupo Caoa surge como possível acionista das empreitadas.

Segundo fontes de mercado, Great Wall, Changan, GAC Motor e Geely estão interessados em ficar com o espólio da Ford, ou seja: produzir nas duas unidades nordestinas. A Caoa negocia com as empresas no intuito de formar uma sociedade nos moldes que estabeleceu com a Chery - em 2017, a empresa brasileira comprou 50% as operações da chinesa por aqui.

Além de entrar como acionista, o grupo - que produz Chery e Hyundai e representa a Subaru por aqui - já estaria em negociações com o Governo da Bahia. As marcas chinesas, por sua vez, também atacam em outras frentes e podem entrar diretamente no negócio, sem intermediários - até porque a Caoa tem a Chery, rival destas empresas.

Ainda de acordo com fontes, a Great Wall estaria "na liderança" nesta corrida. Um dos principais fabricantes de automóveis da China, a gigante asiática "namora" há bastante tempo o Brasil e teria mais agilidade e recursos para iniciar uma produção em solo brasileiro até 2022.

SUVs e picapes

A ideia é fabricar SUVs da família Haval, como a nova geração do H6, lançada em agosto. Com 4,61 m de comprimento, 1,86 m de largura, 1,72 m de altura e 2,69 m de entre-eixos, é um pouco maior que o Jeep Compass e atuaria no segmento de utilitários esportivos médios. Lá fora, o H6 usa motores 1.5 e 2.0, com 120 e 140 cv de potência e caixa automatizada de dupla embreagem e sete marchas.

Outro modelo que pode ser produzido por aqui é o Haval H2. Este brigaria na base do mercado, com Nissan Kicks, Volkswagen Nivus, Renault Duster e cia. São 4,36 m de comprimento e 2,56 m de entre-eixos, porte parecido com o do... futuro falecido Ford EcoSport.

Série P, a picape média da GWM, marca da Great Wall, para rivalizar com Hilux e companhia

A Great Wall também atacaria no segmento de picapes médias com sua divisão GWM, mercado, a propósito, que a marca domina na China. A linha Pao, ou Série P, inclusive, já tem registro no INPI. O modelo concorreria com Toyota Hilux, Chevrolet S10 e a Ford Ranger.