Jornada promovida pelo CIESP teve participação do TC e muita emoção no encerramento

Redação -14/05/2022 12:59

O sucesso do evento foi tamanho que o CIENSP – Consórcio Intermunicipal do Extremo Noroeste de São Paulo – prometeu organizar uma nota etapa ainda nesse ano. Estamos falando da 1ª Jornada de Estudos de Questões Emergentes de Licitações e Contratos, realizada na Câmara Municipal de Andradina, nesta última sexta-feira 13, tendo como público-alvo servidores municipais atuantes nessa área.  

“Hoje, um dos papéis do CIENSP foi cumprido, ou seja, trazer para perto do consórcio os servidores públicos e capacitá-los para que entendam sobre essa nova Lei de Licitações, editada no ano passado, e passando a vigorar juntamente com a Lei 8.666/93, que será revogada a partir de 1º de abril de 2.023, o que dificulta ainda mais a aplicação da legislação”, disse Rose Francé Vital – diretoria do consórcio.

“E tivemos a honra de ter a presença de representantes do Tribunal de Contas durante todo o evento. Isso mostra parceria, seriedade e transparência”, ressaltou Francé, representando o presidente Otávio Gomes, prefeito de Ilha Solteira.

Além dos mais de 70 servidores, prestigiaram a jornada o secretário de Fazenda, Planejamento, Gestão Fiscal, Controladoria e Transparência, Norival Nunes, o diretor da unidade do Tribunal de Contas, Haruo Isa, e os agentes de fiscalização Noroberto Aranha e Francisco Lute.

Intermediada por Luiz Yamahira, entre 9 e 16h, com intervalo para almoço e café, a Jornada proporcionou interação com a plateia e participação direta de Haruo Isa, entre vários outros participantes, nas dúvidas que foram surgindo ao longo da explanação. Vale destacar a organização pela equipe do CIENSP, com o protocolo de Daniela.

Apesar do profissionalismo, vasta experiência em protocolos de várias espécies e até apresentações em programas de rádio, Luiz Yamahira não suportou a emoção ao final do evento, especialmente ao ser elogiado pelo diretor do TC, e as lágrimas foram inevitáveis.

PERFIL DO INTERMEDIADOR

Ex-vereador em Andradina no período de 1.983 a 1.988, Yamahira iniciou sua carreira na Administração Pública em 1.983. Atualmente é consultor em licitações, conta com mais de 20 cursos de especialização em licitações e contratos, ministra palestra acerca do tema e presta serviços para inúmeros municípios da região.

Foi o autor intelectual do processo que possibilitou o deslinde da questão que envolvia a Usina de Álcool de Castilho e que teve o aval dos renomados doutores em direito pela Universidade de São Paulo, Professor Toshio Mukai, autor de 29 obras jurídicas de Direito Público e Professor Vicente Greco Filho, professor titular da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, possibilitando à Prefeitura de Castilho ficar desobrigada de pagar a vultosa importância atualizada de R$ 60 milhões