Auxiliar geral tenta estuprar a própria filha em Andradina, mas é preso em flagrante

Redação c/ PM -16/09/2021 17:37

A delegada Michelly Miliorini, da Delegacia de Defesa da Mulher em Andradina, prendeu na tarde desta quinta-feira 16 um auxiliar de serviços gerais de 38 anos que tentou estuprar a própria filha.

O sujeito - com ficha criminal por furto, violência doméstica, duas tentativas de estupro, uma delas contra a própria mãe e uma importunação sexual contra uma senhora idosa - agora está à disposição da Justiça.

S. foi preso pela PM nas proximidades do terminal rodoviário, mas negou o crime, alegando que foi à casa da filha apenas para lhe dar um abraço. A vítima, que estava sozinha em casa, foi surpreendida com o pai chegando pelos fundos do imóvel.

Quando foi atendê-lo na porta da cozinha, o auxiliar tentou lhe agarrar, arrastando-a para o interior da casa, passando as mãos em seus seios e dizendo que ela era “gostosa”.

VÍTIMA REAGIU PELO HISTÓRICO DO SUJEITO

Ciente de histórico e antecedentes criminais, a mulher começou a se debater e a gritar para chamar a atenção dos vizinhos. Diante da reação da vítima, o auxiliar desistiu do crime e deixou o local rapidamente para não despertar atenção.

Após serem comunicados pela vítima familiares acionaram a Polícia Militar. Com as características físicas do autor todas as equipes disponíveis passaram a “caçá-lo”, enquanto a mulher foi levada à UPA em estado de choque. Mais calma, foi liberada posteriormente.

O caso foi atendido pelos cabos Santos e Wladison, como apoio do 1° tenente Caldeira, 2° sargento Aurélio, 1° sargento Ferreira e o cabo Renata.