Após ser ferida por escorpião, aposentada de 84 anos é picada por cobra em Andradina

PorRedação -17/10/2020 23:48

Passa bem a costureira aposentada E.M.M., de 84 anos, moradora da rua Floriano Peixoto – Stella Maris, em Andradina, que teria sido picada numa perna por uma cobra de quase dois metros de comprimento, na tarde deste sábado.

A vítima permanece na Santa Casa em observação após ter sido medicada e vai aguardar cerca de 12 horas, a partir do horário de entrada, para receber alta. 

E.M.M. recebeu a investida da víbora quando regava as plantas na área da frente da residência. Apavorada, sem saber ao certo se realmente fora picada, ela correu para o interior da casa e ligou para a filha que mora na mesma região.

Nesse intervalo, um dos filhos que a visita retornava do centro da cidade e matou o animal peçonhento, aparentemente uma cobra cipó. Mesmo contra sua vontade a aposentada foi encaminhada à UPA – Unidade de Pronto Atendimento – e de lá transferida para o hospital.


O médico que atendeu a paciente disse que a serpente não era venenosa, ao ver a foto registrada no celular. O ferimento nem chegou a provocar qualquer inchaço na perna da vítima, apenas medicada com soro.   

Cobra Cipó ou Chironius

As cobras do tipo cipó é um tipo não peçonhenta, mas apesar disso, ela pode ser bem assustadora, pois quando ameaçada ou quando se sente ameaçada ela se torna agressiva, e ataca e pica suas vítimas, mesmo não soltando nenhum veneno.

PICADA POR ESCORPIÃO

Coincidência ou não, a aposentada também já foi picada por um escorpião algum tempo atrás. Desta vez foi ferida num pé. O fato ocorreu dias depois de a UPA passar a atender no atual endereço.