Tamiko e empresário Mário Celso apresentam o Acqualinda no Turismo do Estado

Por secom - 12/04/2019 18:00

O Parque Aquático Acqualinda, que deve mudar o perfil socioeconômico da região e colocar Andradina como um dos pontos turísticos mais visitados do Brasil, foi apresentado oficialmente nesta quinta-feira (12), ao Governo do Estado de São Paulo na Secretaria de Turismo.

Em agenda marcada pela prefeita Tamiko Inoue, o empresário andradinense Mário Celso Lopes expôs ao secretário estadual de Turismo, Vinicius Lummertz, a dimensão do parque temático de águas termais. O encontro aconteceu no Palácio dos Bandeirantes.

Construído em local estratégico no encontro da rodovia Marechal Rondon (SP-300), com a rodovia Euclides de Oliveira Figueiredo (SP-563), da Integração, vias que ligam de leste a oeste e de norte a sul do País, o Acqualinda terá uma capacidade inicial de visitação para 10 mil pessoas/dia.

A data da reunião se tornou histórica e simbólica porque a água do Aquífero Guarani, que será a fonte do parque, jorrou na manhã desta mesma quinta-feira com a temperatura de 48 graus. Foram perfurados 1.070 metros.

Além de estar acompanhado do filho e também idealizador do projeto, Mário Celso Lincoln Lopes, o empreendedor fez a apresentação do Acqualinda junto com os arquitetos e urbanistas Carlos Mauad e Juliana Rossi, especialistas no desenvolvimento de planos estratégicos e Master Plans de Resorts, Parques Aquáticos e Temáticos, Centros de Entretenimento, Hotéis, Loteamentos e Condomínios.

“A indústria do turismo é a que mais cresce no mundo e além de projetarmos um empreendimento com viabilidade econômica entre parque, resort e o Crystal Laggoons, o projeto também é altamente sustentável já que cada litro que extrairmos do Aquífero Guarani o devolveremos limpo à natureza“, comentou Mário Celso.

Ao ver a envergadura do projeto entre investimento e geração de emprego, Lummertz anunciou que o Governo do Estado estará junto para a viabilização do Acqualinda em Andradina.

“Estamos reestruturando o Turismo no Estado de São Paulo e incentivar projetos e investimentos como este de Andradina será uma de nossas prioridades e nos colocamos à disposição para ajudar em tudo que pudermos”, comentou o secretário estadual e ex-ministro do Turismo.

O secretário municipal de Turismo, Hugo Rocha Zamboni, elencou o compromisso do Governo de Andradina em apoiar e preparar para que a cidade esteja preparada para a nova realidade econômica.

Na primeira fase de funcionamento a expectativa é que o parque chegue a gerar até mil empregos diretos. Cursos de preparação e integradores já estão sendo discutidos pelo município com a Univesp e o Centro Paula Souza.

A prefeita Tamiko também se comprometeu em implementar todas as políticas públicas e investimentos necessários para deixar Andradina preparada para este novo momento da história.

O secretário municipal de Comunicação e turismólogo, Juliano Silva, enalteceu que esta integração entre empreendedor e o poder público é a base para o desenvolvimento sustentável da atividade turística que vai abranger não só Andradina como toda a região.

Investimento- O gerente de negócios e operações da Desenvolve São Paulo, Rafael Bergamaschi, também participou da reunião e apresentou as linhas de crédito disponíveis pela agência de fomento que incentiva o desenvolvimento das empresas paulista através de financiamentos ligadas ao BNDES.