Sob risco de desabar prédio da Prefeitura de Mirandópolis é interditado é evacuado

Por assessoria - 12/07/2019 11:29

A prefeitura de Mirandópolis iniciou na manhã desta quinta-feira (11), a realocação dos departamentos localizados no paço municipal. A transição se fez necessária devido às condições de risco apontadas pelo laudo técnico requerido nas últimas semanas pelo prefeito interino Carlos Weverton Sanches.

Segundo o decreto nº 3571/2019, publicado ontem (11) no site oficial da Prefeitura, os bens públicos denominados Paço municipal e Terminal Rodoviário serão interditados provisoriamente, devido o estado precário de conservação do prédio, que recentemente teve a queda de uma placa “testeira metálica” do telhado da rodoviária.

O laudo entregue pela empresa Morales e Almeida LTDA-EPP, avaliou estruturalmente a cobertura do prédio e recomendou a interdição completa do edifício, para que as medidas necessárias possam ser tomadas em virtude a segurança de todos os funcionários e munícipes que frequentam o local.

Até que sejam apresentadas novas diretrizes pela Comissão da Defesa Civil, os departamentos que prestavam atendimento ao público no paço municipal serão realocados para o Ginásio de Esporte, localizado na Rua Dalva Colaferro, 1375. Com exceção do:

¾ Obras, que atenderá junto ao departamento de Promoção Social, localizado na Rua Rafael Pereira, nº 1520;

¾ Fiscalização, que será anexo ao prédio do Meio Ambiente, Rua Semi Sadano, nº 1193;

¾ Jurídico, que irá para o prédio do antigo do Ministério do Trabalho, Rua das Nações Unidas, nº 481 – Centro.

A mudança ocorre no prazo de até 72 horas, iniciados a partir da publicação do decreto (11 de julho). No momento, o atendimento à população segue suspenso, com retorno previsto para a segunda-feira da próxima semana, 15 de julho, já sob as novas localizações.

Todo o Terminal Rodoviário, incluindo os estabelecimentos comerciais lotados no local serão realocados para os salões comerciais na Rua 9 de julho, nº662 e 668, ao lado da sorveteria Lupa.