Otávio Gomes faz novos pedidos para credenciamento da UTI e instalação da FATEC na Ilha

Por ilha de noticias - 08/11/2019 15:39

Em reunião com o vice-governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia (DEM), na capital paulista, o prefeito Otávio Gomes (DEM) pediu o credenciamento da UTI do Hospital Regional e a instalação de uma unidade da FATEC no Município. O presidente da Câmara, vereador Valdeci Ferreira Lima (PV), também participou do encontro.  

Apesar de reformada e ampliada, o Hospital de Ilha Solteira ainda não conseguiu colocar a UTI em funcionamento. Isso porque ainda falta o credenciamento do serviço junto aos órgãos estadual e federal de Saúde.

Sem o credenciamento, o espaço vem funcionando como “leitos intermediários”, melhores que os quartos, mas sem os cuidados existentes em uma UTI. É para eles são levados os pacientes para estabilização ou até que surjam vagas em UTIs de hospitais da região.

O obstáculo para o credenciamento está na formação da equipe que atuaria na UTI. O Ministério da Saúde quer a equipe contratada, para só depois iniciar o processo. Já o Hospital tenta primeiro o credenciamento, e a consequente liberação de recursos para o serviço, para só depois contratar a nova equipe.

O problema em cumprir a exigência do Ministério da Saúde é financeiro. Calcula-se que o gasto com a nova equipe, que inclui intensivista e plantonista 24 horas, entre outros profissionais, mais os gastos para funcionamento, ficaria em R$ 280 mil mensais. A expectativa é que o processo de credenciamento dure, no mínimo, três meses. Ou seja, sem receber nenhum recurso, o Hospital poderia gastar até R$ 840 mil na manutenção da equipe, sem poder atender um único paciente. “É muito importante que o Hospital de Ilha Solteira consiga, o mais breve possível, esse credenciamento”, disse o prefeito Otávio Gomes.

FATEC

No encontro, o prefeito  também cobrou a instalação de uma unidade da FATEC no Município, que integraria o centro tecnológico de Ilha Solteira, que está sendo criado no antigo Laboratório de Engenharia Civil da CESP, que hoje pertence à UNESP. “Esses espaços já são ocupados pela UNESP e pela ETEC. Estamos batalhando a vinda da FATEC que, se consolidada, formaria com as outras instituições de ensino e até empresas privadas, cum centro tecnológico, que muito poderia contribuir para o desenvolvimento de Ilha Solteira”, explicou Gomes.

A instalação da FATEC já foi motivo de vária reuniões entre autoridades de Ilha Solteira e do Governo do Estado (foto abaixo, no Centro Paula Souza). Otávio e o diretor UNESP, Enes Furlani Jr, por exemplo, já estiveram com o vice-governador para defender a vinda da unidade educacional (foto abaixo).

Técnicos do Centro Paula Souza estiveram em novembro do ano passado vistoriando o antigo prédio do Laboratório de Engenharia Civil, para a abertura de uma unidade da FATEC em Ilha Solteira. Na vistoria, os técnicos conheceram todos os prédios que integram o agora Câmpus IV da UNESP e os equipamentos do antigo laboratório.

A proposta é que a FATEC fique com um dos prédios do complexo, formando com a UNESP e a ETEC, um centro tecnológico no local. A ETEC já funciona na região e a UNESP deve começar a operar no espaço ainda este ano.

Professor Marcos Estremote (ETEC), prefeito Otávio Gomes, vereador Rodrigo Batista Gonçalves, o Kokim, e o diretor da UNESP, Enes Furlani Jr, com diretoras da FATEC

Otávio, Rodrigo Garcia e Ennes Furlani