"Predadores” da pesca regional são presos pela Ambiental no Parque Estadual do Aguapei

Por redação - 05/12/17 - 17:00

Dois pescadores foram presos em flagrante por pesca ilegal no Parque Estadual do Aguapeí, no rio do mesmo nome, nesta segunda-feira, 4, durante uma ação da Polícia Ambiental para coibir ações predatórias.

A dupla estava de barco, portava quatro iscas vivas para captura de pintados e havia armado 48 anzóis de galho ao longo do rio, no município de Castilho, informou o sargento Roberto, da Polícia Ambiental.

As detenções ocorrem em pleno período de piracema e em área de preservação permanente. Os infratores foram multados e serão processados por crime ambiental. O barco e o motor foram apreendidos e ambos ficaram como depositários.

PREDADORES

De acordo com informações obtidas pela reportagem junto a donos de pousadas à margem do Rio Paraná, em Castilho, os dois pescadores seriam os maiores predadores daquela área e agem no Rio Aguapei [Feio] há pelo menos cinco anos.

Um deles seria servidor da Prefeitura de São João do Pau D´Alho e o outro dono de um restaurante à margem sul mato grossense do rio Paraná e capturam em média de cinco a seis pintados por vez.