Prefeitura de Castilho promove combate à exploração sexual infantil nas escolas

Por Assessor de Imprensa - 18/05/17 - 18:59

Nesta quinta-feira,18, dedicado ao combate do abuso e exploração sexual contra crianças e adolescente, a prefeitura castilhense promoveu nas escolas a campanha “Eu não me Calo!”. As atividades foram realizadas numa parceria inédita que envolveram o Fundo Social de Solidariedade, juntamente ao CRAS, CREAS e membros da igreja Adventista.

Nos últimos três dias as equipes percorreram as escolas municipais e as do Estado com palestras dinâmicas e uma linguagem acessível aos alunos. O grupo de desbravadores e aventureiros da igreja Adventista também levaram uma mensagem rápida e direta: Disk 100. Número para qual ligar em caso de denúncias de abuso sexual a criança ou adolescente. “A denúncia pode ser anônima ou não”, incentivaram.

A psicóloga do CREAS, Vivian Cristina, esclareceu dúvidas e motivou os alunos a sempre procurar por uma pessoa de confiança. “Espero não encontra-los no CREAS, porque quando chega ao CREAS o ato já aconteceu”, ressaltou.

Participante do grupo dos desbravadores, a professora Luciana, da cidade de Andradina, falou da importância de não se calar, e confiar aos pais, um amigo, ou os próprios professores e/ou diretores da escola, pois o abuso é crime e deve ser denunciado.